terça-feira, 17 de novembro de 2009

Mulherzinha ou Mulherzão?

Quando passo perto de banca de revista me dá até um faniquito de ver a capa das revistas, todas com mulheres magrelas e dicas de dietas de tudo quanto é coisa.
Ok, sei que não sou nem um pouco gordinha, pertenço mais ao time das magrelas, mas nunca sacrifiquei nada para manter a forma, pelo contrário, sou anti academia e fã número 1 de um bom e grande "X Tudo", mas isso não vem ao caso. O que quero dizer é que ontem fazendo uma busca pelos canais de TV parei no programa da Hebe e assisti uma matéria bem interessante sobre as mulheres plus size, ou seja, as gordinhas.
Acho bacana saber que ainda existem pessoas que dão mais valor ao conteúdo do que a forma. Pode até parece demagogia mas sempre achei que a beleza de uma pessoa está no seu caráter e caráter não pode ser medido através do peso, cor ou quantidade de celulite. Prontofalei!

Salve, salve as gordinhas (e as magrelas também)!

Um comentário:

Gilson Mateus, Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista - UNESP disse...

Aee Fer, gostei do post. Esse lance de valorizar as pessoas que têm conteúdo é bastante válido. Embora, no final das contas, a preferência limite-se, apenas, àqueles que têm abdomens definidos e/ou bumbuns arrebitados. Dos pouco instruídos aos acadêmicos de plantão.

É o instinto a flor da pele!